quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012
One comentários

Personagem do dia: Pennywise

14:19




Palhaços, durante toda a minha infância, eram seres praticamente mágicos que me davam alegria, mas aos poucos fui mudando minha opinião... Ainda na infância já achava estranho alguns amigos que tinham medo de palhaços (o estranho é que não são poucas as pessoas que tem medo deles).

Demorei pra começar a entender o motivo (até hoje não entendo completamente), mas de fato, palhaços são assustadores. Acho que os que me fizeram perceber isso foram Patati e Patata.
Sempre ouvia alguma coisa referente a eles, que o sucesso aumentava, mas só no fim de 2011 que eu fui saber quem eram, assistindo seu programa no SBT.

No mesmo momento que fiquei meio hipnotizado, apesar de estar sentindo uma vontade imensa de mudar de canal o mais rápido possível, não conseguia. Pela primeira vez em muito tempo, senti um medo que não conseguia identificar a real fonte. Ouso até dizer que senti mais medo do programa deles do que do filme A Maldição da Sétima Lua (o único até hoje que tive que assistir em partes pra ir absorvendo gradativamente).

Claro, não posso negar que já gostei um dia de palhaços, dos quais não me lembro os nomes, mas eram divertidos, mas o personagem do dia é um tanto quanto diferente destes todos... Pennywise, para os íntimos, simplesmente A Coisa.



Pennywise é uma criatura criada por Stephen King, e pouco se sabe sobre ela (talvez por isso seja tão assustadora). O que se sabe dela é que tem algumas centenas de anos, e de tempo em tempos precisa ir à superfície para fazer novas vítimas (crianças, mais especificamente).

De onde veio ninguém sabe, podendo até ser fruto de um universo paralelo ou outra dimensão, o que nos manda à pergunta: como chegou aqui?

Normalmente adota a forma de palhaço, figura que as crianças na maioria das vezes tomam como amigo, facilitando assim seu trabalho. No filme A Coisa (It) de Stephen King, baseado no livro de mesmo nome, essa criatura faz um "ataque" na cidade fictícia de Derry, e algumas crianças, que acabaram formando um grupo de amigos, conseguem sobreviver.

30 anos após o ocorrido, descobrem que A Coisa voltou, e como sempre, tendo como vítimas as crianças. Encarando seus próprios demônios, os amigos retornam à cidade natal para tentar não só impedi-la novamente, mas sim destruí-la.

Evite este tipo de palhaço. E Patati e Patata também.
Como a maioria das obras de Stephen King, este não é só mais um conto de terror. Por trás do terror há uma mensagem: encare seus medos e acredite em você e nos seus amigos, e tenha sempre algum objeto de prata com você.
// Face comments
 
Alternar Rodapé
Topo